Dia Nacional dos Surdos é comemorado anualmente em 26 de setembro.
O principal objetivo desta data é desenvolver a reflexão sobre os direitos e inclusão das pessoas com deficiência auditiva na sociedade.
Esta data foi oficializada através do decreto de lei nº 11.796, de 29 de outubro de 2008.
A data lembra as lutas e conquistas da comunidade surda incluindo ouvintes que participam ativamente no meio surdo.
A escolha do 26 de setembro é uma homenagem à criação da primeira Escola de Surdos do Brasil, em 1857, na cidade do Rio de Janeiro, que atualmente é conhecida como INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos).
Uma das principais conquistas dos surdos ao longos dos anos foi o reconhecimento nacional da LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), através da lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002 e do Decreto nº 5.626/2005.
A luta das pessoas com surdez também é relembrada todos os anos em 30 de setembro, quando se celebra o Dia Internacional do Surdo.
O mês de celebração do Dia dos Surdos é conhecido como “Setembro Azul”, sendo esta cor um sinal de representação para a comunidade surda.
Segundo estudos isso se dá porque na época do nazismo as pessoas com deficiência eram identificadas com uma fita azul turquesa no braço, por isso a escolha da cor azul.
Os surdos tem buscado seu espaço na sociedade, são muitos os lugares em que estão inseridos, assim nós ouvintes precisamos estar atentos na comunicação com eles. O cursos de Libras tem oportunizado essa interação.
Na cidade de Pomerode tem oferecido cursos regularmente para comunidade em geral. Ano passado a prefeitura sediou um curso de libras básico oferecido pela professora Adriana Prado que é especialista na área para profissionais da rede educacional, e se estuda a possibilidade de oferecer para profissionais na área saúde.
Fica o incentivo para respeitarmos essa cultura tão peculiar, pois Língua Brasileira de \sinais ou libras ou Língua de Sinais Brasileira – LSB, é reconhecida cientificamente como língua oficial da comunidade surda, porém qualquer pessoa interessada poderá aprender.
Adriana Prado Santana Santas
Supervisão de Disciplina da Uniasselvi
Intérprete de Libras