Sobre autismos

Esse autor ainda não preencheu quaisquer detalhes.
So far autismos has created 177 blog entries.

Uma festa para o autista

Já era costumeiro... Ia acontecer, mais uma festinha em uma das casas do condomínio de luxo. A animação com os preparativos era intensa. Ali também morava uma família com um filho autista. Quando o menino era pequeno, esta família era sempre convidada. Mas o menino autista cresceu e na época da sua adolescência ficou mais agitado. Balançava mais os braços. Era fugidio de olhares.

Palestrante do 1o Simpósio: Prof. Eugenio Cunha

Por uma escola instrumentalizada e sensível Eugênio Cunha O isolamento social causado pela pandemia do Covid-19 deverá provocar mudanças nas práticas de ensino no espaço escolar. Apesar de inúmeras consequências negativas, ainda é possível trilharcaminhos pedagógicos. Professores têm transformado dificuldades diversas em solo fértil para o magistério. No campo da aprendizagem humana, esse processo é

Texto Renata Batista (Psicopedagoga)

Para Piaget, o conhecimento acontece a partir da ação. Nesse sentido os jogos e as brincadeiras são elementos fundamentais para aprendizagem. Sobre a desvalorização de momentos importantes como o brincar, a culpa é de quem? Não tem como apontar culpados. Mas podemos destacar alguns fatores que podem estar prejudicando o processo de brinca:. 1️⃣ Os

A FALA DO AUTISTA TEM DE VIR DO SEU DESEJO DE FALAR

Esta semana eu transformei uma fita antiga de vídeo para ver momentos do passado. Estávamos nesta fita em Cabo Frio. Meu filho Filipe que tem autismo, era filmado por uma parente que insistia que ele falasse. Ele começou a chorar com a insistência. Era notória a cara de sofrimento que ele fazia ao pronunciar seu

Texto Renata Batista

Talvez pela demanda do TEA as crianças no espectro tem pouco tempo de brincadeiras que não sejam dirigidas. Brincar livre é diferente de brincar na terapia, por mais lúdica que a terapia seja. No caso de crianças com autismo, evite brincar perguntando coisas, tipo "que cor é essa?". Esse tipo de brincadeira é chato, e

Eu sou autista adulta

É muito difícil fazer a sociedade entender sobre autismo adulto. Difícil entenderem que crescemos e fazemos coisas de adultos e também envelhecemos. Vejo que a maioria dos colaboradores dessa ideia errônea de que autista é só criança vem do fato de que muitos profissionais só escrevem, falam, palestram e se especializam apenas em crianças. Por

Texto Autista Adulta – Naty Souza

É muito difícil fazer a sociedade entender sobre autismo adulto. Difícil entenderem que crescemos e fazemos coisas de adultos e também envelhecemos. Vejo que a maioria dos colaboradores dessa ideia errônea de que autista é só criança vem do fato de que muitos profissionais só escrevem, falam, palestram e se especializam apenas em crianças. Por que será?! Será que eles tentam mascarar

Ir ao Topo