Sobre autismos

Esse autor ainda não preencheu quaisquer detalhes.
So far autismos has created 171 blog entries.

A FALA DO AUTISTA TEM DE VIR DO SEU DESEJO DE FALAR

Esta semana eu transformei uma fita antiga de vídeo para ver momentos do passado. Estávamos nesta fita em Cabo Frio. Meu filho Filipe que tem autismo, era filmado por uma parente que insistia que ele falasse. Ele começou a chorar com a insistência. Era notória a cara de sofrimento que ele fazia ao pronunciar seu

Texto Renata Batista

Talvez pela demanda do TEA as crianças no espectro tem pouco tempo de brincadeiras que não sejam dirigidas. Brincar livre é diferente de brincar na terapia, por mais lúdica que a terapia seja. No caso de crianças com autismo, evite brincar perguntando coisas, tipo "que cor é essa?". Esse tipo de brincadeira é chato, e

Eu sou autista adulta

É muito difícil fazer a sociedade entender sobre autismo adulto. Difícil entenderem que crescemos e fazemos coisas de adultos e também envelhecemos. Vejo que a maioria dos colaboradores dessa ideia errônea de que autista é só criança vem do fato de que muitos profissionais só escrevem, falam, palestram e se especializam apenas em crianças. Por

Texto Autista Adulta – Naty Souza

É muito difícil fazer a sociedade entender sobre autismo adulto. Difícil entenderem que crescemos e fazemos coisas de adultos e também envelhecemos. Vejo que a maioria dos colaboradores dessa ideia errônea de que autista é só criança vem do fato de que muitos profissionais só escrevem, falam, palestram e se especializam apenas em crianças. Por que será?! Será que eles tentam mascarar

Depoimento – Vanessa Kraieski Jung

Como foi receber o diagnóstico?   A nossa história não foi muito diferente de tantas outras “famílias azuis”... Johann teve um desenvolvimento absolutamente típico ou “normal” até o seu 1º aninho de vida ... muito sorridente, atendia sempre quando chamado pelo nome, apontava, falava várias palavrinhas (inclusive papai e mamãe), se alimentava super bem, pedia

Voluntariado, quem se Habilita?

VOLUNTARIADO, QUEM SE HABILITA ? Por Giovani Ferreira Embora a palavra voluntariado seja um substantivo masculino, não tem nada a ver com sexo, gênero, religião, cor de pele, poder aquisitivo, etc. Muito pelo contrário, todos estão aptos! Afinal, voluntário é justamente alguém que se dedica a alguma coisa sem ter obrigação de fazê-lo, ponto que

Romeu Sá Barreto

Amar e cuidar dos nossos filhos (as) autistas não é só pagar as contas. Vai muito mais além do que isso. É dar amor de verdade, cuidar, levar para as terapias, receber feedback na escola, ou seja, participar, ativamente, da vida do nosso maior tesouro. Ser pai presente faz bem para o coração, para a

Ir ao Topo